A inflamação de baixo grau está associada a um risco superior de várias doenças, incluindo doenças cardiovasculares e cancro . Um dos componentes presentes na alimentação que poderá contribuir para diminuir a inflamação sistémica é a fibra, a qual está associada a uma diminuição dessa inflamação em adultos saudáveis e com doenças .

No entanto, a maior parte dos estudos com fibra foram realizados em indivíduos mais jovens, não existindo dados relativos a uma população mais idosa, a qual tem geralmente níveis de inflamação superiores . Um novo estudo prospetivo com 4125 participantes com mais de 65 anos procurou saber se existe uma associação entre a ingestão de fibra e respetivas fontes e a inflamação e se essa inflamação é responsável pela relação entre a ingestão de fibra e a diminuição do risco de doenças cardiovasculares . Alguns resultados do estudo:

  • Um aumento de 5 g/dia de fibra esteve associado a uma diminuição dos valores de marcadores inflamatórios.
  • Apenas a fibra de cereais esteve associada a valores inferiores de inflamação e a um risco inferior de doenças cardiovasculares.
  • A inflamação foi responsável por cerca de 1/6 da associação entre a fibra de cereais e doenças cardiovasculares.

De acordo com os resultados, apenas a fibra de cereais e não de vegetais e frutos esteve associada a um risco inferior de doenças cardiovasculares e níveis mais baixos de inflamação. Uma vez que a inflamação teve um papel modesto na mediação dos efeitos da fibra de cereais, outros fatores poderão explicar os seus efeitos na diminuição do risco de doenças cardiovasculares .

Os cereais integrais são dos alimentos mais importantes para a prevenção de doenças crónicas. Em Portugal, 14,5% de todas as mortes estão relacionadas com má alimentação, sendo que por ano morrem 119,6 pessoas por 100000 habitantes por causas relacionadas com má alimentação. Os 3 principais fatores que mais contribuíram para a maior perda de anos de vida saudável são: o elevado consumo de carne vermelha, o baixo consumo de cereais integrais e a elevada ingestão de sódio. Os cereais integrais são importantes na prevenção de doenças como a diabetes tipo 2 e estão associados a um aumento da longevidade.

Referências:

1.
Franceschi C, Garagnani P, Parini P, Giuliani C, Santoro A. Inflammaging: a new immune-metabolic viewpoint for age-related diseases. Nat Rev Endocrinol. 2018 Oct;14(10):576–90.
1.
Jiao J, Xu JY, Zhang W, Han S, Qin LQ. Effect of dietary fiber on circulating C-reactive protein in overweight and obese adults: a meta-analysis of randomized controlled trials. Int J Food Sci Nutr. 2015 Feb;66(1):114–9.
1.
Qi L, van Dam RM, Liu S, Franz M, Mantzoros C, Hu FB. Whole-Grain, Bran, and Cereal Fiber Intakes and Markers of Systemic Inflammation in Diabetic Women. Diabetes Care [Internet]. 2006 Feb 1 [cited 2022 Apr 16];29(2):207–11. Available from: https://doi.org/10.2337/diacare.29.02.06.dc05-1903
1.
Raj Krishnamurthy VM, Wei G, Baird BC, Murtaugh M, Chonchol MB, Raphael KL, et al. High dietary fiber intake is associated with decreased inflammation and all-cause mortality in patients with chronic kidney disease. Kidney Int [Internet]. 2012 Feb [cited 2022 Apr 16];81(3):300–6. Available from: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC4704855/
1.
Ma Y, Griffith JA, Chasan-Taber L, Olendzki BC, Jackson E, Stanek EJ, et al. Association between dietary fiber and serum C-reactive protein-. Am J Clin Nutr [Internet]. 2006 Apr [cited 2022 Apr 16];83(4):760–6. Available from: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC1456807/
1.
van’t Klooster CC, Ridker PM, Hjortnaes J, van der Graaf Y, Asselbergs FW, Westerink J, et al. The relation between systemic inflammation and incident cancer in patients with stable cardiovascular disease: a cohort study. Eur Heart J [Internet]. 2019 Dec 21 [cited 2022 Apr 16];40(48):3901–9. Available from: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC6925382/
1.
Tracy RP, Lemaitre RN, Psaty BM, Ives DG, Evans RW, Cushman M, et al. Relationship of C-reactive protein to risk of cardiovascular disease in the elderly. Results from the Cardiovascular Health Study and the Rural Health Promotion Project. Arterioscler Thromb Vasc Biol. 1997 Jun;17(6):1121–7.
1.
Reiner AP, Lange EM, Jenny NS, Chaves PHM, Ellis J, Li J, et al. Soluble CD14: genome-wide association analysis and relationship to cardiovascular risk and mortality in the older adults. Arterioscler Thromb Vasc Biol [Internet]. 2013 Jan [cited 2022 Apr 16];33(1):10.1161/ATVBAHA.112.300421. Available from: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC3826541/
1.
Shivakoti R, Biggs ML, Djoussé L, Durda PJ, Kizer JR, Psaty B, et al. Intake and Sources of Dietary Fiber, Inflammation, and Cardiovascular Disease in Older US Adults. JAMA Network Open [Internet]. 2022 Mar 31 [cited 2022 Apr 16];5(3):e225012. Available from: https://doi.org/10.1001/jamanetworkopen.2022.5012